Sobre

Não foi sem querer, é pra ser as iniciais do meu nome mesmo.

A jornada até aqui

Se foi por moda ou acaso que minha prima, a quem devo a vida que levo hoje, me apresentou – lá em 2003 – o blogger.com (aquele lá da Globo, que na época era free e depois virou pago e depois sumiu), eu nunca vou saber, mas foi graças a isso que tive o meu primeiro blog. De lá pra cá já tive vários blogs, de várias cores, em vários endereços mas nunca mais não tive um blog. É, assim tortinho mesmo: tive e nunca deixei de ter. Com a popularização e o maior – e melhor, diga-se de passagem para quem costumava ouvir os ruídos do telefone para conectar à internet – acesso a web começaram a surgir novas profissões e eu me vi metida em uma que sempre me foi tida como parte de mim: Social Media e blogger. Era quase moda ser tudo isso (junto com médico, advogado, fotógrafo e psicólogo – que todo metido tem um pouco), mas eu não me entendia – e não me entendo – como outra coisa. 
Assim o blog surgiu da contra capa de um livro, eu tinha todo esse conhecimento e nenhum lugar para acumular e uma necessidade imensa de dividir as coisas que eu sabia de forma a multiplica-las. Tanto a minha profissão quanto as coisas que eu escolhi amar não são de fácil acesso (se por vezes financeiro, outras por falta de difusão do conhecimento) e o que eu grifava de amarelo canário nas páginas dos livros ou passava horas a fio lendo e procurando nos abismos da web estava lá, passado ferro, como uma postagem resumida e detalhada em um blog sobre arte e mídia. Enquanto o que eu procurava era técnico demais ou supérfluo demais, eu tentei explicar de forma mais didática para não assustar as pessoas. 

E ‘saiu’ pra onde?

11748846_10207102116576559_468758316_n
Anna Mello, carinhosamente – ou não – apelidada de Anna Sayu. Trabalha com produção de conteúdo para a web há 10 anos e é especialista em Estratégia de Conteúdo para Redes Sociais. 
Find me on Instagram and Tumblr as well 🙂
Todos os textos deste blog, exceto os devidamente creditados, foram pensados, pesquisados e montados por mim e mantém os direitos autorais de cópia e distribuição. 
Anúncios

1 comentário

  1. Pingback: Quantos tomates vale sua produtividade | BACANAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s